Notice: Undefined index: HTTP_ACCEPT_LANGUAGE in /var/www/novosite/bib/classes/util/i18n/Language.php on line 106
» Fundação Amazônia Paraense de Amparo à Pesquisa «
Webmail | Acessibilidade
Redes Sociais
Fapespa disponibiliza novas versões de sistemas com dados de características do Estado

Fapespa disponibiliza novas versões de sistemas com dados de características do Estado

Data: 25/04/2017

A Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas (Fapespa) lançou na última terça-feira, 25, as novas versões digitais das ferramentas “Radar de Indicadores das Regiões de Integração 2017” e “Pará no Contexto Nacional 2017”. Apresentados na 16ª Reunião do Grupo Interinstitucional de Estudos e Análise Conjuntural (GEAC), no auditório do Banco da Amazônia, os produtos abordam temas econômicos e sociais e estão disponíveis no site da Fundação, para facilitar o acesso a dados e registros administrativos sobre características do estado do Pará, suas regiões e seus municípios.

No evento, foram apresentados, também, o Índice de Preço ao Consumidor da Região Metropolitana de Belém (IPC/RMB) de março, os informes conjunturais da Fapespa, o Índice de Atividade Econômica Regional Pará, divulgado pelo Banco Central, além de palestras realizadas pelo Banco da Amazônia, Banpará e pela Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam).

O “Radar de Indicadores das Regiões de Integração 2017” proporciona ao seu usuário diversas informações econômicas e sociais sobre as doze regiões de integração do estado do Pará e seus respectivos municípios. No âmbito econômico são fornecidas informações como Produto Interno Bruto (PIB), Balança Comercial, finanças públicas, infraestrutura e meio ambiente. Já os indicadores sociais disponibilizam dados sobre caracterização regional, aspectos demográficos, educação, saúde, mercado de trabalho, assistência e previdência social e segurança.

Por outro lado, o “Pará no Contexto Nacional 2017” tem como objetivo identificar a posição do Estado do Pará frente às demais Unidades da Federação, e sua participação econômica e social no Brasil durante os últimos cinco anos. Este processo é realizado por meio da análise de tabelas que apresentam um grande número de indicadores em nível estadual, que abrangem quinze temáticas: território, demografia, educação, saúde, inclusão social, previdência social, segurança, habitação e saneamento, mercado de trabalho, economia, produto interno bruto, finanças públicas, balança comercial, ciência e tecnologia, e infraestrutura.

O presidente da Fundação, Eduardo Costa, destacou a importância da disponibilização digital destes indicadores. “Ao disponibilizar esses produtos, mais uma vez, a Fapespa atende à constante demanda por informações advindas dos vários segmentos da sociedade e cumpre sua missão de produzir, articular e disseminar conhecimento e informação para subsidiar o planejamento de políticas públicas e de desenvolvimento econômico, social e ambiental do Pará”, afirmou.

Dentre as pautas do evento, o Banco da Amazônia, por meio de seu Gerente executivo, Oduval Lobato Neto, apresentou os instrumentos que tem para o fomento dos setores produtivos. “O público pode conhecer o portfólio de fontes de financiamentos que o banco tem. Um evento dessa natureza que trata de informações e geração de conhecimento e desenvolvimento regional faz parte da missão do banco”, declarou.

O Banpará apresentou as linhas de financiamento que disponibiliza para o acesso dos seus clientes e também, os números que mostram a importância do banco para o fomento do estado e atuação nas regiões de integração. “O beneficio maior desse encontro é o acesso a informação das linhas disponíveis para serem aplicadas no crescimento do estado e a disseminação desse acesso aos vários órgãos que estão presentes aqui”, disse Luiz Fernando Flexa, gerente de análise e acompanhamento de crédito não rural Banpará.

Sempre participante do evento, o Banco Central apresentou a Estatística do índice de Atividade Econômica Regional Pará de fevereiro de 2017. “O resultado mostra quem no mês em questão, o estado teve um crescimento de 0,7% em relação a janeiro do mesmo ano e a principal contribuição positiva foi a projeção de graus no estado que deve aumentar 20% em relação a 2016 e também em alguns ramos da indústria de transformação como produção de bebidas e de celulose e produtos de papel”, comentou Priscila Furtado, coordenadora do departamento econômico do Banco Central.

De acordo com o economista e representante da Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), Túlio barata, “Fizemos uma divulgação dos instrumentos de ação da Sudam. Vemos esse encontro como uma necessidade estratégica do órgão de dar conhecimento para a sociedade e como eles funcionam e quem são os beneficiários desses instrumentos na forma de trazer desenvolvimento pra região, fomento, fonte de financiamento e incentivos fiscais”, finalizou.

O "Radar de Indicadores das Regiões de Integração 2017" está disponível através do links http://www.fapespa.pa.gov.br/menu/152, bem como, o "Pará no Contexto Nacional" http://www.fapespa.pa.gov.br/menu/153.

Enviar por email

Deixe seu Comentario

Veja também

SIG AMAZÔNIA

Links úteis +

Editais, Ferramentas e Avisos +