Notice: Undefined index: HTTP_ACCEPT_LANGUAGE in /var/www/novosite/bib/classes/util/i18n/Language.php on line 106
» Fundação Amazônia Paraense de Amparo à Pesquisa «
Webmail | Acessibilidade
Redes Sociais
Fapespa lança Barômetro da Sustentabilidade da Região de Integração Baixo Amazonas

Fapespa lança Barômetro da Sustentabilidade da Região de Integração Baixo Amazonas

Data: 28/04/2017

A Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas (Fapespa) apresentou na noite da última quinta-feira, 27, o “Barômetro da Sustentabilidade da Região de Integração Baixo Amazonas”, no Seminário de Desenvolvimento Regional, organizado pelo Grupo de Economistas do Oeste do Pará, em Santarém. A publicação reúne análises do bem-estar humano e ambiental, apontando o nível de sustentabilidade dos municípios que a compõem.

Nesta edição, apresentam-se os resultados para a RI Baixo Amazonas, composta pelos municípios de Alenquer, Almeirim, Belterra, Curuá, Faro, Juruti, Mojuí dos Campos1, Monte Alegre, Óbidos, Oriximiná, Prainha, Santarém e Terra Santa. Em 2014 o PIB da região foi de R$ 9,4 bilhões e obteve participação da ordem de 7,5% do PIB estadual, destaque para o setor Agropecuário, cujo Valor Adicionado correspondeu a 15,7% do PIB (VA) da Agropecuária estadual. As principais atividades que impulsionam a economia regional são a extração da bauxita, nos municípios de Juruti e Oriximiná, extração de madeira em tora, cuja produção regional correspondeu a 22,19% da produção estadual em 2015.

Ressalta-se que a região é a maior produtora de mandioca do estado, cujos principais municípios produtores da região são: Alenquer, Oriximiná e Santarém, que em 2015 produziram, juntos, 740.780 toneladas. Outro aspecto relevante da região é sua produção de castanha-do-pará, visto que sua participação na produção estadual foi de 70% em 2015, haja vista possuir os maiores produtores, quais são os municípios de Óbidos e Oriximiná.

De acordo com o presidente da Fapespa, Eduardo Costa, a publicação atende a missão da Fapespa que é de produzir, articular e disseminar conhecimento e informação para subsidiar o planejamento de políticas públicas e de desenvolvimento econômico, social e ambiental do Pará. “Este projeto, ao fornecer indicadores e análises que explicitam as principais vulnerabilidades municipais, auxiliará os principais stakeholders do estado e municípios nas tomadas de decisões, favorecendo a priorização das agendas públicas, privadas e acadêmicas”, disse.

Esta publicação faz parte do projeto “Barômetro da Sustentabilidade de Municípios do Estado do Pará”, que será divulgado para os 144 municípios paraenses, com a finalidade de fomentar o debate sobre a “sustentabilidade regional”, subsidiando, dessa forma, a gestão pública, o setor privado e a comunidade acadêmica, no que tange à formulação e implementação de ações voltadas à melhoria da qualidade de vida dessas localidades.

 

Texto: Ascom Fapespa

Fotos: Talita Baena (Ascom Seminário)

Enviar por email

Deixe seu Comentario

Veja também

SIG AMAZÔNIA

Links úteis +

Editais, Ferramentas e Avisos +