Notice: Undefined index: HTTP_ACCEPT_LANGUAGE in /var/www/novosite/bib/classes/util/i18n/Language.php on line 106
» Fundação Amazônia Paraense de Amparo à Pesquisa «
Webmail | Acessibilidade
Redes Sociais
Fapespa investe na construção do 1º Laboratório da Qualidade do Leite da Região Norte

Fapespa investe na construção do 1º Laboratório da Qualidade do Leite da Região Norte

Data: 12/05/2017

A Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas (Fapespa), por meio de uma ação coordenada pelo Governo Estadual, em parceria com a a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (SECTET) e a Universidade Federal do Pará (UFPA), investiu mais de R$ 2,8 milhões na construção do 1º Laboratório da Qualidade do Leite da Região Norte, inaugurado nesta sexta-feira, 12, no Parque de Ciência e Tecnologia do Guamá (PCT Guamá), com a presença do Governado Simão Jatene e de diversas autoridades.

O objetivo desta construção é auxiliar os produtores de leite e as indústrias de laticínios paraenses a alcançar maiores índices de produtividade, melhorar a qualidade da matéria-prima e dos produtos derivados. Além de análises e diagnósticos, o Laboratório do Leite atuará no treinamento de produtores para que problemas básicos que dificultam a produção possam ser superados. Técnicos do Laboratório estarão preparados para prestar assessoramento em processos como higienização, ordenha, armazenamento e transporte, os quais feitos de forma correta podem resolver problemas complexos e aumentar a produtividade do produtor.

O Governador do Pará, Simão Jatene, explicou a relevância desta construção. “Esse Laboratório é a realização do sonho de muitos paraenses, porque vai permitir que a gente ganhe qualidade não só no leite, mas em todos os produtos derivados dele, e com isso teremos mais agregação de valores, além de melhores preços e rendas gerados deste produto”, afirmou.

De acordo com o Presidente da Fapespa, Eduardo Costa, “O que nós estamos oferecendo é um espaço para certificar o leite produzido no estado do Pará, aprimorar a produção da qualidade do leite, capacitar os produtores locais e criar um selo de qualidade. Isso certamente vai abrir espaço, mercado e permitir o desenvolvimento da cadeia produtiva e a verticalização da produção”, disse.

Um leite de baixa qualidade causa grandes perdas econômicas ao setor, além de representar um risco à saúde pública, inviabilizar a conquista de mercados mais lucrativos e comprometer a credibilidade da cadeia produtiva.

Alex Fiúza, Secretário da SECTET, mencionou a importância da autonomia de certificação da qualidade do leite concebida pelo laboratório. “Por meio deste laboratório os serviços de certificação do leite e seus derivados que até hoje eram feitos fora do Estado, passem a ser feitos no Pará, certificados no laboratório pelo Ministério da Agricultura, gerando redução de custos e com autonomia científica e tecnológica para podermos avançar e verticalizar mais a cadeia produtiva”, declarou.

O Reitor da UFPA, Emmanuel Tourinho, ressaltou os benefícios acadêmicos gerados pelo laboratório. "O PCT é uma estrutura que permite a interação mais intensa da nossa expertise  acadêmica e científica com o setor industrial do estado, o que favorece o desenvolvimento de negócios que podem gerar renda e riqueza, aproveitando o potencial da UFPA", finalizou.

 

Por Ascom Fapespa

 

Enviar por email

Deixe seu Comentario

Veja também

SIG AMAZÔNIA

Links úteis +

Editais, Ferramentas e Avisos +