Webmail | Acessibilidade
Redes Sociais
Mulheres Inovadoras: Bioactive se classifica em premiação promovida pela Finep

Mulheres Inovadoras: Bioactive se classifica em premiação promovida pela Finep

A startup paraense investiga extratos naturais para uso nas indústrias cosméticas, farmacêutica e alimentícia.

Data: 14/05/2021

Nesta quinta (12), a Finep/MCTI divulgou o resultado final da primeira etapa do Programa Mulheres Inovadoras, iniciativa focada em estimular o crescimento de startups lideradas por mulheres. A Bioactive, startup paraense associada ao Parque de Ciência e Tecnologia (PCT) Guamá e focada em biotecnologia, foi uma das 30 selecionadas e a única representante do estado do Pará.

Voltada à geração de produtos e processos inovadores a partir de tecnologia verde, a Bioactive é uma empresa de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) que investiga as propriedades de extratos naturais para uso na indústria cosmética, em produtos da área de saúde como biocidas (que agem contra parasitas e bactérias), antioxidantes e ativos para tratamentos de doenças negligenciadas como a malária, além de pigmentos naturais para uso em diversos setores.

A união entre o setor produtivo e a academia dita o tom da equipe. Com sólida experiência no mercado regional e internacional da indústria de ativos naturais e de cosméticos, a engenheira agrônoma Cristina Saiani analisa e antecipa as demandas do setor produtivo e, desta forma, conduz a equipe de pesquisa formada por três cientistas paraenses com background em biotecnologia:  a Engenheira de Alimentos e doutora em Biotecnologia Márcia Souza; e as biotecnologistas e doutorandas Diana Gradíssimo e Alessandra Pereira.  

“É gratificante poder aplicar o conhecimento obtido ao longo de anos na academia para gerar produtos que oferecem bem estar e melhoria de vida às pessoas. Muitos trabalhos de grande potencial são gerados dentro da academia, para nós é importante não deixar que essas idéias sejam esquecidas”, pontua a pesquisadora Márcia Souza.

A startup atua no modelo de negócios B2B, abreviação da sigla business-to-business (do inglês, negócio para negócio), quando duas empresas fazem negócios como cliente e fornecedor, com foco nos setores cosmético, farmacêutico e alimentício.

A próxima etapa do Programa Mulheres Inovadoras será uma aceleração com mentoria especializada, suporte e acompanhamento para as 30 startups selecionadas. A proposta de valor, o modelo de negócios, a validação da oferta e o posicionamento de produtos serão o foco desta fase.

As dez melhores startups que passarem por todas as etapas do programa e que forem selecionadas pela banca avaliadora especializada poderão receber uma premiação de R$ 100 mil reais, conforme termos do edital.

Esta não é a primeira conquista da Bioactive, em 2019 a startup já havia sido contemplada no edital de  Inovação para a Indústria, do Senai, Sesi e Sebrae, voltado ao desenvolvimento de novos produtos, processos e serviços inovadores, e, em 2021, foi selecionada para participar do Startup Pará, uma iniciativa promovida pelo Governo do Estado.

“Buscamos transformar o conhecimento científico em aproveitamento econômico, para isso contamos com metodologia própria para selecionar nossos projetos a partir de artigos científicos e patentes. Neste momento estamos finalizando um blend de ativos utilizando jambu para ser aplicado como anti-idade e também já estamos com outros projetos em vista” informa a sócia-proprietária Cristina Saiani.

 

 

Texto: Juliane Frazão - Ascom PCT Guamá

Enviar por email

Deixe seu Comentario

Veja também

SIG AMAZÔNIA

Links úteis +

Produtos +