Enviado por rodolpho.chermont em sex, 03/12/2021 - 18:41

Servidores da Fapespa participam do exame-estudo de prevalência e de vigilância epidemiológica da covid-19 em populações do Estado do Pará

2

3

Na manhã de hoje (03/12), no auditório da Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas — Fapespa, ocorreu a realização do exame-estudo de prevalência e de vigilância epidemiológica da covid-19 em populações do Estado do Pará. 

O intuito dessa pesquisa é descrever a ocorrência da infeção causada pelo coronavírus e a coinfecção em diferentes estratos populacionais (ribeirinhos, rurais, urbanos e quilombolas) localizados no Estado do Pará. Para tanto, foram realizados exames de testagem nos servidores da Fundação, em relação aos anticorpos desenvolvidos contra o coronavírus, para saber qual o nível de proteção de cada indivíduo.

4

5

"Cabe ressaltar que o monitoramento da resposta de anticorpos anti-SARS-CoV-2, ainda que não tenha valor diagnóstico para Covid-19, é de grande relevância para a compreensão da dinâmica de disseminação da infecção na população. Esperamos com este projeto contribuir com a avaliação epidemiológica da Covid-19 na população em questão.” afirmou Vallinoto coordenador da pesquisa.

A realização desse exame-estudo é fruto da parceria estabelecida entre a Fapespa e o Prof. Dr. Antônio Carlos Rosário Vallinoto, ​professor titular da Universidade Federal do Pará, graduado em Biomedicina, mestre em Ciências Biológicas (Área de Genética e Biologia Molecular) e detém o título de Doutor em Ciências Biológicas (Área de Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários). Atualmente, é membro Titular da Academia Paraense de Ciências e Patrono da Cadeira de número três da Academia Paraense de Biomedicina; ministra aulas nas disciplinas Imunologia e Epidemiologia Molecular, ao nível de graduação e pós-graduação; e chefia o Laboratório de Virologia da UFPA, onde desenvolve pesquisas nas áreas de Epidemiologia Molecular e Imunogenética, com ênfase em infecções virais.

4

6

“Projetos como esse, que conta com o apoio da Fapespa, são de grande importância e devem ser apoiados, pois, o intuito de disponibilizar um diagnóstico mais preciso sobre a questão da COVID-19 em nosso Estado é de interesse social, principalmente durante a pandemia que vivemos. Eu estou aqui também nesse sentido, de apoiar, incentivar e estimular projetos como esse, que podem garantir melhores condições para a população do Estado do Pará”, afirmou o Procurador de Justiça do Ministério Público, Waldir Macieira da Costa Filho.

2

Por fim, é válido destacar que o apoio disponibilizado pela Fapespa auxilia no desenvolvimento desse exame-estudo, contribuindo para a tomada de decisão por parte dos gestores da saúde, bem como para a realização de ações mais efetivas de prevenção à transmissão da Covid-19.

 

Texto: Vitória Araújo

Foto: Ascom Fapespa